Como comunicar-se entre 40 trilhões de gigabytes

Vivemos em uma era em que a quantidade de informações produzidas diariamente alcança dígitos estratosféricos. Para fins de comparação, o volume de dados gerados entre os anos de 2014 e 2016, equivale ao mesmo montante produzido em toda a história da humanidade. Em estudo intitulado ‘’ A Universe of Opportunities and Challenges’’, desenvolvido pela consultoria EMC, a projeção é de que no ano de 2020 o volume de dados alcance os 40 trilhões de gigabytes. Um indicativo de que não somente as dinâmicas de comunicação entre as pessoas estão sendo transformadas, mas entre as empresas e o seu público, também. Do mesmo modo que o ambiente digital e suas várias plataformas de propagação de informação vem demonstrando ser um facilitador na comunicação, ruídos entre emissor e receptor se tornam também, mais frequentes.

Neste ponto, emerge um segmento no qual acreditamos que será preponderante para uma comunicação clara e eficiente entre as corporações e seu público: a gestão de crise. A atuação de uma empresa de comunicação especializada em gerenciamento e prevenção de crises, está intimamente ligada ao profundo conhecimento do ambiente digital e da empresa a qual presta seus serviços. Nós jornalistas, profissionais de marketing digital e publicitários, que utilizamos tal ambiente como ferramenta de trabalho, somos afeiçoados ao terreno. Acreditamos que trabalhando em uníssono com empresas que busquem abrandar ruídos e agir com prevenção ante a possíveis crises, prestaremos estimável serviço as duas pontas da engrenagem: cliente e provedor. Construir com solidez e comunicar-se com harmonia. Este é o futuro.

Redação @azpressbrasil

Crédito: Banco de Imagens @azpressbrasil 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *